A GRANDEZA DE SE SER PEQUENO

10 Jan 2018
Desenvolvimento Pessoal
c29

A GRANDEZA DE SE SER PEQUENO

O que somos nós perante o Universo que se impõe? Quem somos nós perante a enormidade dos planetas e constelações? Não somos mais do que poeira sideral – cósmica – que se desvanece num leve sopro de uma brisa. Pensar no Universo é uma medida de humildade pois faz-nos pensar que, de facto, não somos nada; o Homem não é a medida de todas as coisas.

Temos um ego gigante que se interfere e deturpa a realidade. Neste gigantismo de alma perdemos a consciência de se ser pequeno. Quando nos reduzimos à nossa insignificância universal, atómica, percebemos que à um enorme espaço no caminho que nos precede. Quando somos humildes percebemos que há mais lugar a ser ocupado.

O ego é maior numa sociedade capitalista mas tem que existir um trabalho para a sua destruição para que possamos viver uma vida mais caridosa. Vamos ser a gota no oceano que contribui, na sua menoridade, para a imensidão azul em que todos nós nos vemos submersos. Vamos ser pequenos e aprender com o Universo – energia elétrica. Está tudo em Ti!

CARTER B. REY

  • Blogue
  • Carter B. Rey
  • Days of Light and Fights
  • Desenvolvimento Pessoal

Deixe uma resposta