PSIQUIATRIA E SAÚDE MENTAL – OS DESAFIOS DE UM ATLETA COM UMA DOENÇA MENTAL – PARTE XV

08 Out 2018
Desenvolvimento Pessoal
c01

PSIQUIATRIA E SAÚDE MENTAL – OS DESAFIOS DE UM ATLETA COM UMA DOENÇA MENTAL – PARTE XV

“Já vi que não queres ser ajudado: entregas-te à calanzisse; a mãe já não fala mais!”

Foram estas as palavras que me acordaram hoje de manhã; de facto, estou com uma dificuldade em acertar as horas de sono e, como resultado, acordo sempre bastante tarde – a medicação também faz das suas no que a este departamento se faz referência. Mas factos são factos; a verdade é que me demorei mais tempo na cama e a minha mãe não gostou disso. No entanto, também é verdade que ela não faz parte do meu mundo interno e não se apercebe do imenso esforço que faço para acordar mais cedo.

O dia prosseguiu. Comi a comida da terra e senti-me na disposição de enfrentar o mundo e os desafios da minha doença mental (as vozes hoje estavam mais baixinhas!). Fui beber café com os meus pais no meu café de eleição – Doce Impakto –, depois segui em direção a Lisboa para ser entrevistado pela rádio Aurora no Hospital Júlio de Matos.

A rádio Aurora luta para uma sociedade mais saudável e justa através da emissão de depoimentos que combatem a estigmatização da doença mental – uma das minhas valências e polarizações na luta por um mundo mais igualitário e com mais amor.

Numa conversa dinâmica e descontraída a entrevista dividiu-se em três segmentos: 1) o meu olhar sobre a problematização da doença mental; 2) quais as soluções por mim propostas para o combate ao estigma; 3) de que forma eu vivo a minha doença mental.

Foi uma entrevista muito interessante e da qual nascerão vários frutos. Fiquem atentos às notícias. Não te esqueças – Está tudo em Ti!

  • Blogue
  • Célio Dias
  • Days of Light and Fights
  • Desenvolvimento Pessoal